Swing – uma noite de orgia

140 (4)

Quero me desculpar por ter ficado  sem postar . Desta vez contarei sobre uma orgia no swing. Aproveito para informar que atenderei em  Curitiba  de 5/1 a 21/2. Quem quiser agendar me ligue ou envie sms no 41 98522750.

Neste post, quero relatar uma noite muito quente, que vivi com uma pessoa que conheço há mais de 2 anos. Já saímos diversas vezes, temos muita sintonia e cumplicidade. Como acompanhante em Curitiba ou em São Paulo, estabeleci a  regra de acompanhar em swing somente  pessoas que  já conheço, pois desta forma,  tudo fica melhor, mais solto e mais gostoso.Era um domingo, Pedro me enviou um sms convidando para irmos ao swing, topei na hora, pois esta não era a primeira vez  com ele e sempre foi muito bom. Na hora combinada, nos encontramos e fomos a casa de swing escolhida. Chegamos após as 23 horas, neste horário a casa esta mais cheia e já há alguns casais mais liberais curtindo e se esbaldando . Pedimos algo para beber e fomos circular .  Pedro me puxou para dentro de uma cabine que possuía diversas aberturas e começamos a nos beijar, logo apareceu um casal que começou a nos passar a mão, quando me dei conta,  já estava me atracando  com o cara e Pedro com a mulher dele. Ele me beijava gostoso e passava a mão por todo meu corpo eu o retribuía com muito tesão. Me abaixei , tirei seu pau para fora e comecei a chupá-lo. Olhava para Pedro e ele estava comendo a loira com muita vontade. Aquilo me deu um tesão danado. Pedi para o cara me comer, peguei uma camisinha, coloquei em seu pau, empinei minha bunda e ele socou gostoso, quanto mais bombava, mais minha buceta encharcava até eu gozar e sentir ele gozando também.Pedro estava prestes a gozar, ele urrava de prazer, ele e a loira gozaram gostoso…Trocamos algumas palavras com o casal e prometemos nos reencontrar naquela noite. Mas, mal sabíamos que a putaria estava só começando..rs

Tomei mais uma cerveja ,  voltamos a circular pela casa. Paramos em uma espécie de sala que tinha uma cama de casal no meio, onde alguns casais transavam , como se não tivesse ninguém os observando. Aquele ambiente liberal, cheirando a sexo e a perversão me deixa louca e me excita muito. Sei que há pessoas que se sentem constrangidas, para mim, funciona como  um afrodisíaco. Pedro me pediu para abordar uma loira tesuda, estilo panicat , ela estava acompanhada de um moreno delicioso. Me aproximei, a encarei, comecei a acariciar aqueles peitões deliciosos, ela correspondeu, me puxou de encontro a seu corpo e começamos a nos beijar. Que boca gostosa aquela loira tinha,  é muito bom beijar mulher. O moreno se aproximou e começou a me passar a mão. Pedro já estava passando a mão na loira tesuda. O moreno estava com o pau duro, marcado na calça, não resisti, abri o ziper e coloquei aquilo tudo para fora e em minha boca, ele revirava os olhos de prazer, enquanto eu o saboreava. Ele me puxou  e sussurrou em meu ouvido que queria me enrabar. Sorri maliciosamente para ele,  consentindo que  me possuísse. Fiquei de quatro na cama e fiz questão de ficar de frente para a loira tesuda, queria beijá-la enquanto aquele gostoso me comia. Coloquei a camisinha nele, empinei minha bunda, beijei muito aquela gostosa enquanto o homem dela me comia e Pedro se esbaldava comendo-a freneticamente. O moreno socava com vontade em meu rabo até gozar, cravando todo seu pau em mim…que delicia!!! Ele tirou o pau e eu continuei beijando a loira até ela e Pedro gozarem.

Os olhos de Pedro brilhavam, a alegria estava estampada em seu rosto. Ele repetia o todo tempo: ” Kris você despertou o pervertido que existe em mim e eu estou adorando”. Realmente, ele estava insaciável naquela noite, ao todo transamos com 4 casais. Ele me apontava a mulher que ele queria, eu a beijava e em pouco tempo Pedro estava transando com quem ele queria.

Foi uma noite inesquecível, onde tanto eu quanto Pedro deixamos qualquer preconceito, receio, vergonha de lado e liberamos todo desejo e tesão para curtimos ao máximo o prazer desta noite memorável, dedicada totalmente ao nosso prazer…

 

 

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas a Swing – uma noite de orgia

  1. CSW disse:

    delícia de história, vc é D+ Kris, uma mulher sensacional.

    Beijos

  2. Fernando disse:

    Uau, difícil não ficar excitado lendo suas histórias Kris.

    Vivendo todas as fodas incríveis, imagino que uma simples programa não é mais a mesma coisa.

    Continue com seus contos ardentes, Kris!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>